Algodão

Por que usar irrigação por aspersão?

A diferença de produtividade entre o algodão irrigado e o não irrigado varia de acordo com as condições regionais e climáticas, mas alguns estudos mostram que irrigar o algodão aumenta a produtividade em 200% ou até 300%.

Os sistemas de irrigação garantem que as plantas de algodão recebam a quantidade de água necessária durante toda a estação de crescimento. Eles também permitem que os produtores retenham os níveis de umidade do solo durante as fases mais críticas do crescimento das culturas. Se as plantas não receberem ao menos 500 mm de água entre a germinação e a formação das cápsulas, a produção de algodão poderá ser gravemente afetada.

Os aspersores Senninger são projetados para atender às necessidades de água das culturas em diferentes fases do crescimento, corresponder às capacidades de infiltração de diversos tipos de solo e enfrentar as condições climáticas adversas das regiões de cultivo de algodão.

BENEFÍCIOS

  • Uniformidade excepcional
    O padrão de distribuição uniforme ajuda a obter uma cobertura mais uniforme da zona das raízes, resultando em níveis de umidade mais elevados.
  • Tamanho ideal das gotas
    Os aspersores distribuem a água em gotas maiores que são resistentes às perdas decorrentes do vento e da evaporação.
  • Baixa intensidade de aplicação
    A irrigação com baixa intensidade de aplicação evita o escoamento e o excesso de água, que podem ocasionar a invasão de ervas daninhas ou a proliferação de doenças.
  • Baixas pressões operacionais
    Pressões operacionais mais baixas de 0,41 a 1,38 bar (6 a 20 psi) reduzem os custos energéticos.

Soluções da Senninger

  • i-Wob2

    A uniformidade inigualável do i-Wob2, sua grande área irrigada e tamanho de gota consistente fizeram dele o aspersor mais imitado do mercado.

    Faixa de vazão: 182 a 4168 L/hr

    Faixa de pressão: 0,41 a 1,03 bar

    Saiba mais
  • LDN LEPA

    Os aplicadores LEPA depositam suavemente a água a uma distância de apenas 20 a 45 cm (8 a 18 polegadas) da superfície do solo. Eles fornecem 20% mais água ao solo do que os bocais spray convencionais.

    Faixa de vazão: 61 a 4168 L/hr

    Faixa de pressão: 0,41 a 1,03 bar

    Saiba mais
  • Reguladores de Pressão

    Todos os sistemas sofrem variações de pressão que resultam em desvios indesejados de vazão e excesso ou deficiência de aplicação de água. Os reguladores mantêm uma pressão de saída predefinida constante, mesmo com diferentes pressões de entrada, o que alivia as diferenças de pressão que possam alterar a área de cobertura do aplicador.

    Saiba mais

Experiência noTerreno

Cotton irrigation with LDN LEPA Shroud

Bob Glodt, da cidade de Plainview, Texas, foi homenageado como o Consultor de Algodão do Ano de 2013. Ele é consultor agrícola desde 1980 e administra sua própria fazenda-modelo. Glodt foi palestrante convidado no Dia de Campo da Texas Alliance for Water Conservation (aliança do Texas para conservação da água) de 2018, em Muncy, Texas, onde sublinhou a importância do sistema LEPA para a irrigação de algodão.

“Eu ando pelo país e vejo esses sistemas de spray de difusão e não consigo entender por que temos demorado tanto para mudar para o LEPA. Um sistema LEPA é 80% eficiente, ou seja, se você aplicar uma polegada de água, conseguirá aproveitar oito décimos. Se você usar um spray de difusão, a água será espalhada por 60 polegadas em vez de 30 polegadas, em linhas de 30 polegadas, ou espalhada por 80 polegadas em vez de 40 polegadas, em linhas de 40 polegadas. Ela não vai penetrar no solo do mesmo jeito, mais a água vai ficar exposta ao calor e ao vento, então a eficiência será em torno de 50%. Com isso, você está perdendo um terço de cada polegada que está aplicando,” afirma ele.

“E se você aplicar 10 polegadas, três delas serão perdidas. Meus dados mostram que dá para produzir cerca de 80 a 90 libras de algodão por polegada, então, se você perde três polegadas, três polegadas vezes 90 libras é igual a 270 libras de algodão, para um rendimento total. Essas pequenas quantidades fazem uma grande diferença.” (Fonte)